Mel e canela combatem infecções bacterianas, entenda como.

Combatem infecções bacterianas

Tanto o mel tal como o canela têm características antibacterianas fortes e podem ser usados não apenas em casos de resfriados assim como também para afastar outras doenças, tendo como exemplo nos rins ou na bexiga.
O mel é um antibiótico natural. Desde a antiguidade, ele era utilizado a fim de desinfetar feridas. Ele sarça as bactérias graças à proteína defensiva -1 e à enzima glicose oxidase.

canela
canela

O canela tem características antibacterianas, anti-inflamatórias e antifúngicas. Ela tem uma componente especial, o aldeído cinâmico, que não apenas é encarregado pelo seu aroma super distintivo, assim como também por uma série de outras vantagens para a sua saúde
Não é provável afirmar que o mel e o canela sejam medicamentos que ajudam o perder peso, mas é inegável que o dois itens ajudam no procedimento de emagrecimento.

É incessantemente ideal trocar o açúcar por mel. Um uso moderado de mel reduz a quantidade de calorias.

Além disso, o açúcar refinado causa crescimento drástico de glicose no sangue e o uma redução uniformemente drástica, logo após. Esta variabilidade no nível de glicose gera uma insegurança emocional e similarmente pode gerar uma produção atípica de insulina. O mel é absorvido de maneira mais lenta e, portanto, é mais recomendável.
O canela aumenta a sensibilidade à insulina, este que responde pelo metabolismo. Ela também ajuda o transformar a glicose em energia e não em gordura.
Beba um copo d’água com 1 colher de mel e 1/2 colher de canela 30 minutos antes de tomar café da manhã e meia hora antes de dormir.
Reduzem o nível de açúcar no sangue
O nível alto de açúcar no sangue pode provocar muitas doenças, entre elas complicações endócrinos, como a diabetes.
Foi evidenciado que o mel reduz o nível de glicose. O mel é composto de 17% de água, o resto são açúcares, entre eles a frutose e a glicose. Eles são facilmente absorvidos pelo corpo e não causam mudanças drásticas no nível de açúcar no sangue. Ou seja, pode ser consumido por diabéticos. NCBI
O canela também reduz o grau de açúcar no sangue. Claro que não se trata de um medicamento, mas similarmente é muito eficiente.
Ao selecionar um tipo de mel, tome cautela com a pureza do mercadoria. Muitos são dissolvidos em açúcar e farinha. A ideal é consumir mel caseiro e não industrializado.
Ao invés de adquirir canela moída, compre pauzinhos de canela.
Não se recomenda dar mel as crianças com menos de dois anos, devido ao risco de haver contágio por botulismo.

Mel e canela, conheça os benefícios ocultos jamais revelados.

Os humanos conhecem o mel e o canela há bastante tempo. Esse dois itens são bem usados na acurvejada (nome dado ao entendimento médico produzido na Índia há cerca de 8 mil anos) e na medicina chinesa. O mel quase não estraga e o canela era usada somente por imperadores no passado. Na atualidade, todos possuímos acesso as esses itens e os benefícios que eles trazem ao organismo foram comprovados por muitas pesquisas.

Quando consumidos juntos, as vantagens são ainda assim maiores.
Desaceleram o processo de envelhecimento
As radicais livres (oxidantes) oxidam os tecidos de forma agressiva e destroem as células do corpo. Isso causa o envelhecimento precipitado, além de algumas doenças. Os antioxidantes neutralizam as radicais livres, desacelerando esses processos.
O mel tem fenóis, enzimas, flavonoides e ácidos orgânicos. Todos estes elementos são antioxidantes valiosos. Pesquisas mostram que o mel cerrado, tendo como exemplo o de trigo sarraceno, traz também mais vantagens.

O canela tem vários polifenóis, que similarmente são antioxidantes potentes.

O canela apareceu no topo de qualquer lista junto 26 itens com maior porção de antioxidantes, deixando para atrás o alho e o orégano.
Melhoram o desempenho do coração
O mel e o canela auxiliam as proteger-se doenças cardiovasculares, enormes causadoras de mortes no planeta.
O mel amplifica o fluxo de sangue que vai par

a o coração, isto em ofício da dilatação das artérias. Os antioxidantes do mel auxiliam as proteger-se da produção de coágulos que geram paradas cardíacas e embolias.
O canela reduz o grau do ’mau’ colesterol (LDL, o mesmo que gera nas paredes dos vasos sanguíneos as placas ateroscleróticas), e aumenta a condensação de colesterol ’bom’,
manhãs com uma torrada.

fonte: https://pt.wikipedia.org